Jurassic World 3 já tem quase US$ 400 milhões globalmente

Jurassic World 3 já está em cartaz nos EUA, China e boa parte do globo; sua bilheteria até o momento é de US$ 389 milhões.

Jurassic World 3 já tem quase US$ 400 milhões globalmente

Jurassic World 3 já está em cartaz nos EUA, China e boa parte do globo; sua bilheteria até o momento é de US$ 389 milhões.

Tiago Vieira - 12 de junho de 2022
 Jurassic World 3 já tem quase US$ 400 milhões globalmente

Na semana passada, Jurassic World: Domínio estreou em 15 mercados, incluindo o Brasil, e arrecadou cerca de US$ 56 milhões. Nesta semana, a aventura jurássica chegou a mais 57 mercados estrangeiros, nos quais arrecadou outros US$ 177 milhões.

      LEIA TAMBÉM!

Isso lhe dá um total de US$ 245,8 milhões de bilheteria fora dos EUA. Somando isso com seus US$ 143,3 milhões na América do Norte, Jurassic World 3 tem até o momento US$ 389,1 milhões ao redor do globo.

Trata-se da oitava maior bilheteria mundial de 2022 até a noite de domingo. O longa deverá subir ainda mais no ranking enquanto você lê este texto conforme ele ultrapassar os totais de Sonic 2 (US$ 398 milhões), Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore (US$ 400 milhões) e Uncharted: Fora do Mapa (US$ 401 milhões).

Além disso, Jurassic World: Domínio é um dos raros longas hollywoodianos pós-pandemia a conseguirem uma autorização para estrear na China (ao contrário do que houve com os filmes da Marvel). O thriller de dinossauros faturou US$ 52 milhões em seu primeiro fim de semana no país, bom o bastante para ser a maior estreia do ano para um filme estrangeiro por lá, mas ainda abaixo dos US$ 111,6 milhões arrecadados por seu antecessor, Reino Ameaçado, em seu primeiro fim de semana na China.

Claro, o segundo Jurassic World estreou por lá em junho de 2018, bem antes da pandemia. Na atualidade, Domínio encontrou 20% das salas chinesas fechadas, inclusive em metrópoles como Xangai e Pequim. Tudo isso só torna a abertura de Jurassic World 3 ainda mais impressionante.

Em diversos mercados, incluindo o Reino Unido, França, Austrália, Espanha e Holanda, Domínio teve uma abertura superior à de Reino Ameaçado. Porém, de um modo geral, o terceiro longa ainda está 11% abaixo do segundo no conjunto de países que o receberam nesta semana, bem como 29% abaixo do primeiro Jurassic World (que não é uma comparação muito exata graças aos seus números astronômicos).

Jurassic World: Domínio é o encerramento da franquia iniciada por Steven Spielberg em 1993.

Apesar das críticas, todos os longas da saga jurássica foram campeões de bilheteria. O primeiro, Jurassic Park: O Parque dos Dinossauros, foi lançado em 1993 e arrecadou US$ 913 milhões, tornando-se a maior bilheteria mundial da história na época – relançamentos posteriores o levaram a ultrapassar a marca do bilhão. Suas sequências saíram em 1997 e 2001, e faturaram US$ 619 milhões e US$ 369 milhões respectivamente. Em 2015, a saga foi reiniciada com Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros, um sucesso realmente monstruoso: seus US$ 1.671 bilhão foram a terceira maior da história na época, perdendo apenas para Avatar e Titanic (atualmente, ele ocupa a 7ª posição). Já Reino Ameaçado arrecadou US$ 1.310 bilhão.

Assim, será que Domínio também vai seguir os passos de seus antecessores e quebrar a barreira do bilhão? Seu caminho até lá será difícil: com críticas ruins (piores que a dos filmes anteriores da saga), competição com Top Gun: Maverick e outros futuros blockbusters, bem como as incertezas na China e a falta da Rússia, tudo isso conspira contra Jurassic World 3.

Porém, mesmo que ele não ultrapasse o bilhão, certamente ainda será um dos maiores filmes do ano globalmente.

Continue ligado no seu Legado Plus para ficar por dentro de todas as novidades da cultura pop!