Top Gun: Maverick é a maior bilheteria de Tom Cruise no Brasil

Top Gun: Maverick já faturou mais (e vendeu mais ingressos) do que qualquer filme da série Missão: Impossível no Brasil.

Top Gun: Maverick é a maior bilheteria de Tom Cruise no Brasil

Top Gun: Maverick já faturou mais (e vendeu mais ingressos) do que qualquer filme da série Missão: Impossível no Brasil.

Tiago Vieira - 14 de junho de 2022
 Top Gun: Maverick é a maior bilheteria de Tom Cruise no Brasil

Foi um Dia dos Namorados movimentado na bilheteria brasileira, comandado pelas boas performances de Top Gun: Maverick e Jurassic World: Domínio. Juntos, os dois concentraram 85% de todos os ingressos vendidos no fim de semana.

      LEIA TAMBÉM!

O drama de aviação, que já se tornou a maior bilheteria do ano nos EUA, também segue tendo uma carreira excelente no Brasil. Ele levou mais 540 mil pessoas aos cinemas e arrecadou R$ 12,6 milhões em seu terceiro fim de semana. No total, são 2,97 milhões de ingressos vendidos e R$ 64,7 milhões em faturamento.

Trata-se da maior bilheteria para um filme estrelado por Cruise no Brasil, superando os totais em torno dos R$ 45 milhões a R$ 50 milhões dos últimos capítulos da saga Missão: Impossível e do reboot de A Múmia. Este último por enquanto ainda está na frente no número de ingressos vendidos (3,05 milhões em junho de 2017), mas é questão de tempo até que Top Gun: Maverick o supere, já tendo deixado para trás os públicos de 2,5 milhões a 2,7 milhões de Missão: Impossível: Protocolo Fantasma, Nação Secreta e Efeito Fallout.

Aliás, o filme comandado por Joseph Kosinski também irá se tornar nos próximos dias o maior faturamento em reais da história da Paramount. Por enquanto, apenas outros dois longas distribuídos pelo centenário estúdio hollywoodiano arrecadaram mais do que Top Gun 2: Shrek para Sempre (R$ 70,4 milhões em 2010) e Noé (R$ 67,8 milhões em 2014).

Top Gun: Maverick é maior do que qualquer outro longa de Tom Cruise no Brasil.

Finalmente, Top Gun: Maverick é também a maior bilheteria brasileira de 2022 para um filme não ligado à Marvel (cujo Doutor Estranho 2 arrecadou R$ 167 milhões e vendeu 8,35 milhões de ingressos) ou DC (responsável por Batman, que teve um total de R$ 115 milhões de faturamento e 5,91 milhões de ingressos). 

Maverick está desempenhando bem melhor do que o normal para um filme de ação protagonizado por Cruise e distribuído pela Paramount. É uma performance acima do que seria o esperado para esse tipo de longa, ainda mais nos últimos anos, quando a bilheteria brasileira ficou tão concentrada em filmes de quadrinhos. 

Será que Jurassic World: Domínio (atualmente com R$ 45 milhões e 2,23 milhões de ingressos após duas semanas em cartaz) vai eventualmente superá-lo? Ou o excelente boca a boca de Maverick vai mantê-lo longe do alcance dos dinossauros?

Continue ligado no Legado Plus para ficar por dentro de todas as novidades da cultura pop!