Personagem de Stranger Things foi baseado em crime real; Descubra quem é!

Os fãs de Stranger Things se apaixonaram logo de cara por Eddie Munson, o roqueiro que se juntou a confusão causada pelo Mundo Invertido. Entretanto, você sabia que a história dele é baseada em um caso real? O Legado Plus te explica tudo neste artigo.

Personagem de Stranger Things foi baseado em crime real; Descubra quem é!

Os fãs de Stranger Things se apaixonaram logo de cara por Eddie Munson, o roqueiro que se juntou a confusão causada pelo Mundo Invertido. Entretanto, você sabia que a história dele é baseada em um caso real? O Legado Plus te explica tudo neste artigo.

Mariana Lapeloso - 13 de junho de 2022
 Personagem de Stranger Things foi baseado em crime real; Descubra quem é!

A quarta temporada de Stranger Things estreou no final do mês de maio e foi um verdadeiro sucesso, deixando todo mundo alucinado pelos novos episódios. Entretanto, não foi apenas a série em si que deixou todo mundo animado, assim como as recentes adições na trama.

Leia Mais

Um deles que chamou muito a atenção foi Eddie Munson, interpretado por Joseph Quinn. O garoto metaleiro ganhou rapidamente um espaço no coração dos fãs de Stranger Things e se tornou o queridinho da galera nas redes sociais. Entretanto, você sabia que a história dele na série não é uma mera coincidência? Ela foi baseada em um caso real.

O Legado Plus vai te explicar tudo agora neste artigo. Então fique ligado aqui e continue lendo para descobrir mais sobre Eddie Munson. Só cuidado para não ir parar no Mundo Invertido.

ATENÇÃO: O artigo contém leves spoilers de Stranger Things. Então leia por sua conta e risco.

Qual caso baseou a história de Eddie Munson?

Antes de mais nada, precisamos lembrar que os irmãos Duffer, criadores da série, disseram que se inspiraram em um dos roteiristas da trama para a criação de Eddie. Entretanto, foi apenas a aparência do personagem que veio desta inspiração. Já que a trama do garoto que faz parte do Hellfire Club veio de um crime bizarro.

Na década de 80, os Estados Unidos viveu um surto coletivo chamado Satan Panic. A questão é que diversas pessoas que estavam passando por essa histeria acreditavam que crimes brutais estavam acontecendo pelo país motivados por rituais satânicos. Isso lembra um pouco a década de 90 em que diziam que uma kombi branca sequestrava crianças aqui no Brasil, não é mesmo?

A questão do Satan Panic acabou que gerou uma coisa tão grande nos EUA, que muita gente de fato acreditava nesse negócio de assassinar para rituais satânicos. A história acabou gerando acusações injustas e muita gente, que diziam estar envolvidos nessa coisa macabra, acabaram pagando por cometerem crimes horrendos sem explicação. Como Stranger Things se passa na década de 80, o caso de histeria coletiva foi muito importante para a criação dessa temporada e a história de Eddie Munson.

Mas qual a ligação entre Eddie e o Satan Panic?

A questão aqui é que Eddie não matou ninguém (como você, que já viu a série, pode ter notado). Entretanto, com o Vecna escolhendo jovens que passam por sérios problemas psicológicos e traumas, alguns personagens foram mortos de forma brutal e sem deixar nenhuma pista de quem poderia ter feito isso.

Eddie Munson estava com a primeira vítima quando ela morreu. A garota Chrissy. E como ele acabou fugindo do local para não ser taxado como o assassino da jovem, as pessoas acabaram fazendo esse link com o garoto. Hawkins inteira começa a acreditar que o Hellfire Club, clube de Dungeons & Dragons, na realidade é um culto satânico para matar os jovens.

O Volume 2 de Stranger Things estreia em 1° julho. Os outros episódios já estão disponíveis na Netflix.

Fonte: Canaltech