[OPINIÃO] UCCONX parece evento de amadores e mostra o desrespeito com todos

Nada explica o descaso que a UCCONX teve com o público e, até mesmo, com quem se prestou ao papel de ir lá cobrir o evento para tentar ver até onde ia a história pipocada nas redes sociais. A questão que levantamos é o desrespeito de quem mostrou que não sabe fazer uma convenção para os fãs

[OPINIÃO] UCCONX parece evento de amadores e mostra o desrespeito com todos

Nada explica o descaso que a UCCONX teve com o público e, até mesmo, com quem se prestou ao papel de ir lá cobrir o evento para tentar ver até onde ia a história pipocada nas redes sociais. A questão que levantamos é o desrespeito de quem mostrou que não sabe fazer uma convenção para os fãs

 [OPINIÃO] UCCONX parece evento de amadores e mostra o desrespeito com todos
ARTIGO DE OPINIÃO

Publicidade

Desde o meio da semana passada que a UCCONX, convenção criada com foco no público geek, não sai dos trending topics do Twitter. O motivo? Talvez sua existência tenha começado de forma errada e pré-anunciava um verdadeiro desastre. A questão é que o desrespeito começou desde quando histórias de ex-funcionários relatavam não terem sido pagos por seus serviços prestados.


Publicidade

E aí, foi somente ladeira a baixo, já que artistas aguardados estavam cancelando e o evento achou pertinente esconder a informação, até que ela vazou. As pessoas que buscavam por reembolso, uma vez que Millie Bobby Brown era a artista mais aguardada, sem alguma resposta sobre como reaver o seu dinheiro. Eles trocando meet & greet de artistas para outros que não tinham muita ligação, o que gerou revolta e desespero em quem pagou 5 mil reais pra ter um momento com o seu ídolo.

E se você acha que a história foi só com o público pagante, não para por aí. Quem queria cobrir o evento e buscava por respostas, era ignorado nos e-mails de contato da UCCONX. Ao chegar lá, ou você era mandado de um lado para o outro, ou você simplesmente tomava um não. Por experiência própria, ouvir da boca de um staff que não poderiam ajudar porque estavam dando prioridade para SBT e Record. Sinceramente? Foi o auge do desrespeito.

 

Publicidade

Desrespeito não só com quem vai trabalhar, claro. Mas também com o serviço de quem vive e respira conteúdo geek, de quem não queria apenas relatos através da rede social. Queria vivenciar se eram reais ou não. Mas, pra quem já estava sendo mal falado na internet, por que não coroar de uma vez, não é mesmo? Se você tem a chance de mudar isso, acho que seria interessante dar um jeito e convidar, deixar entrar, mostrar que não era bem o que estava acontecendo. Mude a sua situação, não acabe mais com ela. Entretanto, pra UCCONX já não fazia diferença mesmo.

Fora os relatos de gente que nem era imprensa e carregava a credencial de imprensa, muita gente que ganhou pulseiras e passou na frente dos fãs em meet & greet. E nem precisa falar da onda de influencers, né? Que mais uma vez estiveram no local e conseguiram muitas regalias enquanto os fãs que pagaram, não tiveram a mesma sorte.

O desrespeito continua com o público pagante que teve que lidar com desinformação a cada passo dado, incertezas, fãs que não conseguiram pegar um autógrafo decente e tiveram que improvisar numa folha de caderno. Devemos lembrar a UCCONX que para muitos, isso é uma realização de um grande momento. As pessoas pagaram, investiram dinheiro em um momento como esse.

Publicidade

Até mesmo os próprios atores que vieram acabaram entrando na bagunça. Ian Somerhalder disse que não sabia se viria de fato ao Brasil, ficou sabendo cerca de 20h antes de embarcar. Enquanto os assessores de Rupert Grint e Dacre Montgomery não permitiram entrevistas, pois dizem que eles não queriam os nomes dos atores envolvidos nas polêmicas que estouraram nas redes sociais.

Ou seja, mesmo que os organizadores do evento digam o quão bom foi, a gente sabe que esse caminhão de polêmicas, problemas, evento vazio (porque o que salvou foi Rupert Grint e Dacre Montgomery) e outras tantas coisas, acabou afundando a UCCONX em sua primeira edição. Agora basta saber se eles vão aprender com os erros, ou se vão continuar dizendo que eles são a maior convenção da América Latina, quando na realidade eles se tornaram a maior diversão do universo geek, que dá risada desse circo.

Publicidade

E que fique bem claro: se você pensa em arrancar dinheiro de quem consome esse tipo de evento, que faça algo decente. Que valha a pena. Não que não traga a estrutura que foi prometida e cobra 5 mil reais em um meet & greet. A cultura geek é rentável e dá dinheiro, mas é bom saber um pouco que seja na onde você está se metendo.

A UCCONX ocorreu entre os dias 27 e 31 de julho, no Centro de Convenções do Anhembi, em São Paulo. Para outras informações e mais novidades, fique de olho aqui no Legado Plus.

Site Parceiro
© 2019-2022 Legado Plus, uma empresa da Legado Enterprises.