Novo Exterminador do Futuro tem a pior abertura da franquia no Brasil!

Novo Exterminador do Futuro tem a pior abertura da franquia no Brasil!

Tal como ocorreu nos EUA e no mundo, aqui no Brasil O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio teve uma fraquíssima bilheteria de abertura. Sem conseguir se destacar em meio...

 Novo Exterminador do Futuro tem a pior abertura da franquia no Brasil!

Publicidade


Publicidade

Tal como ocorreu nos EUA e no mundo, aqui no Brasil O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio teve uma fraquíssima bilheteria de abertura. Sem conseguir se destacar em meio à forte concorrência com Coringa e Malévola: Dona do Mal, o filme acabou tendo a pior abertura da franquia de ação e ficção científica no país em termos de ingressos vendidos.

 

Não existem dados disponíveis sobre a bilheteria brasileira do primeiro longa de 1984, porém O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final estreou no Brasil em 1991 levando 531 mil pessoas aos cinemas – na época, a quarta maior bilheteria de estreia da história. Anos depois, em agosto de 2003, O Exterminador do Futuro 3: A Rebelião das Máquinas saiu-se ainda melhor e vendeu 745 mil ingressos em sua abertura, a terceira melhor daquele ano. Porém, em 2009 sua sequência A Salvação abriu com apenas 405 mil espectadores. Seis anos depois, a tentativa de reboot Gênesis foi um pouco melhor e estreou levando 653 mil pessoas aos cinemas.

Publicidade

 

Destino Sombrio levou apenas 375 mil pessoas aos cinemas na estreia, faturando R$ 6,7 milhões no país e ficando em terceiro lugar no ranking do fim de semana atrás da feiticeira interpretada por Angelina Jolie e do psicopata interpretado por Joaquin Phoenix. Uma abertura com ingressos bem abaixo das dos filmes anteriores da franquia, tanto o clássico dirigido por James Cameron quanto suas bem mais mal recebidas continuações. Isso sinaliza não só uma perda de interesse do público brasileiro pela franquia, como também a impossibilidade de concorrer com o bem mais comentado Coringa.

 

Publicidade

 

Afinal, se na época do segundo ou mesmo do terceiro filme a franquia ainda estava entre as mais fortes e poderosas de Hollywood, hoje em dia vários longas decepcionantes consecutivos e uma série televisiva cancelada sem um final satisfatório serviram para erodir a confiança do público na saga. Mesmo com o retorno do criador James Cameron e da atriz Linda Hamilton, ainda assim as críticas não foram exatamente superlativas, com o grandioso retorno da franquia prometido.

Publicidade

 

O fato é que nos dias atuais o público, inclusive o brasileiro, está muito mais seletivo com o que assiste nos cinemas, e nessas condições o novo capítulo de uma franquia que nos últimos 16 anos veio consistentemente entregando longas consistentemente mal recebidos jamais teria chance contra um blockbuster tão discutido (e, claro, pertencente ao subgênero dos filmes de quadrinhos) quanto Coringa.

 

Publicidade

Curiosamente, Destino Sombrio teve uma abertura similar à de Alita: Anjo de Combate (325 mil ingressos), outra ficção científica também produzida por Cameron que estreou esse ano. Tal filme não pertencia a uma franquia muito famosa (é uma adaptação de um mangá japonês), porém tinha a vantagem de ser o único blockbuster de ação em cartaz quando estreou, em fevereiro. Talvez este seja o novo normal para longas do gênero que atraírem apenas um público específico (os tais nerds/geeks), ao passo em que os longas de heróis atualmente estão atraindo um público muito maior. 

 

Publicidade

 

Enfim, a única vantagem de Destino Sombrio é que, afora Coringa, ele não precisará enfrentar nenhum blockbuster muito gigantesco ao longo do mês de novembro. Mesmo um desempenho similar ao de Alita (que foi esmagado em sua quarta semana pela chegada do sucesso Capitã Marvel) o leva a sair de cartaz tendo vendido 1,19 milhão de ingressos, o que seria o resultado mais fraco da franquia, porém acima de longas como o recente Projeto Gemini, Blade Runner 2049, o reboot do Predador do ano passado e o próprio Alita.

 

Publicidade

Por isso, é esperar para ver se o longa irá sofrer quedas muito grandes perante concorrentes como Doutor Sono, Dora e a Cidade Perdida, As Panteras e Os Parças 2, ou se ele gerará algum boca a boca do tipo “não é tão ruim assim” ou “é melhor do que os outros”.

 

A outra principal estreia da semana, A Família Addams, abriu com um faturamento de R$ 6,2 milhões e vendendo 363 mil ingressos. É uma abertura notavelmente menor que a de todos os longas da franquia Hotel Transilvânia, porém mais similar à de outros filmes infantis que estrearam nessa mesma época do ano, como Trolls em 2016 (361 mil ingressos), Pica-Pau em 2017 (327 mil) e O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos no ano passado (349 mil).

Publicidade

 

 

Publicidade

Claramente Malévola: Dona do Mal (que já vendeu ótimos 3,4 milhões de ingressos no país) é o principal filme infantil em cartaz no momento, o que prejudicou A Família Addams, por isso dificilmente a animação distribuída aqui pela Universal conseguirá alcançar públicos finais acima de 1,6 milhão de Pica-Pau e Trolls. Porém, se ele não despencar muito tal como ocorreu com O Quebra-Nozes, então poderá sair de cartaz com um público acima de 1 milhão de pessoas.

 

Finalmente, essa semana também recebeu as estreias de A Odisseia dos Tontos (comédia argentina estrelada pelo astro local Ricardo Darín) e de Maria do Caritó (outra comédia, estrelada por Lilia Cabral). Ambos os longas devem atrair um público mais velho, desiteressado em feiticeiras, palhaços psicopatas e ciborgues assassinos.

Publicidade

 

Bilheteria Brasil de 31/10/2019 a 03/11/2019:

 

Filme Semanas em cartaz Renda na semana (em R$) Público na semana Renda acumulada (em R$) Público acumulado
1- Malévola: Dona do Mal 3 9.053.704 520.536 56.188.498 3.421.057
2- Coringa 5 7.455.481 406.873 136.387.756 8.524.814
3- O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio 1 6.748.260 374.956 6.748.260 374.956
4- A Família Addams 1 6.204.214 363.403 6.204.214 363.403
5- Zumbilândia: Atire Duas Vezes 2 750.818 45.352 3.531.993 237.719
6- A Odisseia dos Tontos 1 682.726 32.426 682.726 32.426
7- Downton Abbey: O Filme 2 550.224 22.328 1.640.781 68.231
8- Maria do Caritó 1 298.577 17.059 298.577 17.059
9- Projeto Gemini 4 275.960 14.967 13.331.019 810.434
10- Angry Birds 2: O Filme 5 150.986 10.384 12.246.201 872.302

 

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Site Parceiro
© 2019-2022 Legado Plus, uma empresa da Legado Enterprises.