[CRÍTICA] Insânia é um suspense psicológico que te leva a loucura

[CRÍTICA] Insânia é um suspense psicológico que te leva a loucura

Insânia é a mais nova série brasileira do Star+ e que, com toda certeza, vai prender a sua atenção. Quando falamos sobre terror, suspense e manicômio, ficamos com aquela...

 [CRÍTICA] Insânia é um suspense psicológico que te leva a loucura

Publicidade


Publicidade

Insânia é a mais nova série brasileira do Star+ e que, com toda certeza, vai prender a sua atenção. Quando falamos sobre terror, suspense e manicômio, ficamos com aquela sensação de que já vimos diversas histórias sobre isso. Entretanto, o seriado consegue chamar sua atenção, instigar sua curiosidade e fazer você se perder na loucura dos personagens.

De certo, a série é uma das dicas da semana para quem curte o gênero. Misturado com investigação criminal, suspense psicológico e uma pitada de terror, Insânia é uma ótima surpresa. Provando mais uma vez que o Brasil consegue sim juntar suas produções ao gênero.

Confira agora a crítica de Insânia do Legado Plus.

Publicidade

Insânia é insana!

Sim, o trocadilho não é apenas uma brincadeira para chamar sua atenção. O trabalho que Insânia faz e causa do espectador é de deixar você impressionado. Logo de cara, conhecemos uma legista do IML, Paula, que está no meio de uma investigação sobre um caso de canibalismo. É quando ela recebe a notícia de que sua única filha, Lúcia, sofreu um acidente.

Entretanto, a história não para por aí. De uma hora para outra, ela se vê presa em um manicômio cercado de segredos e que escondem muito mais do que o ser humano pode imaginar. E é nessa história que o espectador embarca de forma calorosa, curiosa e que chama a atenção.

Com cenas fortes, de canibalismo explícito, cabeças estouradas e tudo o que você pode imaginar, Insânia cumpre muito bem o seu papel. Ela é uma trama que instiga bem a sua curiosidade, até porque você se confunde com o que ela quer passar para você. Numa hora você acha que aconteceu algo com o personagem, dado cinco minutos, você muda totalmente de ideia. E é essa premissa da série que a torna tão interessante.

Publicidade

Um bom ponto a ser abordado, ainda mais para quem gosta de história, é ver como que a trama da série se encaixa no meio da história do Holocausto e a Alemanha Nazista. Um grande nome, que foi marcado pelo horror que causou a 2ª Guerra Mundial, é citado no decorrer dos episódios e faz você entender onde o manicômio quer chegar.

Com alguns pequenos pontos confusos, como para entender a história algumas vezes, isso pode fazer com que você fique meio perdido. Mas, o ritmo da série consegue embalar e isso deixar de lado até que os pontos não entendíveis consigam se encaixar de modo mais simples. Insânia é mais uma prova de que o Brasil consegue apostar no terror, fazer isso com maestria e qualidade.

Publicidade

E um dos poucos pontos que fica aberto na trama, deixa aquele espaço para um “será que terá segunda temporada?“. Só o tempo irá nos dizer, mas a torcida fica para que Paula consiga desvendar todos os mistérios do manicômio e trazer à tona para o mundo.

Destaque para as atuações

Se a história é um dos motivos para você assistir, os atores merecem muito sua atenção. Começando mesmo por Carol Castro, que brilha como a policial Paula. É incrível como ela consegue trazer a dor de uma mãe em busca de sua filha, além dos pontos de loucura que a personagem sofre. Um detalhe interessante de se observar são as feições e ações de Carol Castro na abertura da trama, chega a ser horripilante.

Outro ator que merece destaque nesta crítica é Samuel de Assis, que vive Lucas. O ator consegue fazer a gente comprar a história dele de um modo tão único, que você se sente embalado por ele. A ponto de você não conseguir distinguir o que é real ou não dentro da história do manicômio.

Publicidade

Eucir de Souza também não fica atrás com seu personagem, o Dr. César Schultz. Logo de início você já entende que há alguma coisa dentro do manicômio do qual ele cuida. Mas, em alguns momentos, chega a acreditar que ele é boa pessoa. Mas, claro, não dura muito tempo e ele brilha como o antagonista dessa macabra história.

LEIA TAMBÉM:

Publicidade

Insânia, com toda certeza, vai te fazer lembrar de títulos como o game Outlast (que se passa em um manicômio), Nós (que tem pessoas como experimento) e faz você se lembrar da história do Holocausto Brasileiro, que foi um manicômio aqui no Brasil. Rápida, são 8 episódios de cerca de 35 minutos cada, é uma ótima dica para quem quer maratonar algo de imediato.

A trama faz você se envolver, ficar no meio do muro, buscando saber o que é ou não real. Se Paula está certa ou não de fato. Se os personagens vão conseguir chegar até o fim ou, simplesmente, sucumbirão no ponto final da história. Insânia é uma dica incrível para quem quer se jogar em produções brasileiras, buscando algo rápido e envolvente.

Insânia estreou no dia 03 de dezembro no Star+ e tem a primeira temporada disponível na plataforma.

Publicidade
Site Parceiro
© 2019-2022 Legado Plus, uma empresa da Legado Enterprises.