Bilheteria Mundo: Malévola 2 chega a bom número e ultrapassa Dumbo!

PUBLICIDADE

Em notícias de bilheterias mundiais não relacionadas a Coringa e O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio (leia as análises separadas desses dois filmes aqui e aqui), Malévola: Dona do Mal arrecadou mais US$ 40,5 milhões fora dos EUA no último final de semana. Trata-se de uma queda de apenas 38% em relação ao último fim de semana, mostrando que o longa, tal como nos Estados Unidos, tem se firmado como a principal opção de filme para toda a família até a chegada da temporada de Natal. 

 

Em países como Bélgica, Suíça, Portugal e Espanha o filme teve uma bilheteria neste fim de semana superior a anterior, enquanto na Alemanha, Suécia, França, Itália, Reino Unido, República Checa, Peru, Equador, Israel, África do Sul e muitos outros o longa teve pequenas quedas. Aliás, em 11 mercados, incluindo China, França, Coréia do Sul e Rússia Dona do Mal superou a bilheteria de seu antecessor.

 

PUBLICIDADE

Até a noite de domingo o longa já somava US$ 299,9 milhões na bilheteria internacional, o que significa que ele já deve ter passado da marca dos US$ 300 milhões enquanto você lê esta análise. Somado com a bilheteria americana, Dona do Mal possui US$ 385,1 milhões globalmente, deixando para trás o colega de Disney deste ano Dumbo (US$ 353,2 milhões). Infelizmente, o filme não tem sido um sucesso tão grande nos EUA quanto fora de lá, se não ele poderia ter alcançado um número global bem maior. Entretanto, graças a essa surpreendente bilheteria estrangeira, Dona do Mal tem uma chance de ultrapassar os US$ 520 milhões de Como Treinar o seu Dragão 3 e assim garantir que as maiores bilheterias globais do ano para filmes familiares sejam da Disney, atrás apenas de O Rei Leão, Toy Story 4, Aladdin e presumivelmente Frozen II.

 

Na pior das hipóteses, ao menos os chifres usados pela personagem-título foram um dos acessórios mais procurados para o Halloween desse ano!

 

 

Falando em filmes infantis, A Família Addams expandiu para mais mercados, arrecadando um total de US$ 25,9 milhões na bilheteria internacional no último fim de semana. Na Rússia, o filme teve uma estreia excelente em primeiro lugar, com US$ 6,1 milhões, 108% à frente da abertura de Hotel Transilvânia. No Brasil o filme também estreou bem, enquanto no Reino Unido o longa já arrecadou quase US$ 10 milhões. No total, a animação possui US$ 44 milhões internacionalmente e US$ 130 milhões global, e olha que ele ainda precisa estrear em mercados importantes como Coréia do Sul, França e Austrália.

 

Enquanto isso, a Warner estreou o terror Doutor Sono, a adaptação do livro de Stephen King que continua a trama de O Iluminado, em nove mercados europeus. No Reino Unido, o filme abriu em quarto lugar, com US$ 1,9 milhão, uma estreia similar ao do também baseado numa obra de King Cemitério Maldito, que estreou este ano. Já na Itália foram US$ 1,5 milhão, mais do que o dobro da abertura de Cemitério Maldito e também de Um Lugar Silencioso. Finalmente, na França e na Espanha a abertura do longa foi superior à de O Homem nas Trevas

 

No próximo fim de semana, o filme estrelado por Ewan McGregor expande para Indonésia, Rússia, Coréia do Sul, Austrália, EUA e também o Brasil. 

 

 

Finalmente, ainda sobre filmes de terror baseados nas obras de King, é importante também notar a ótima performance de It: Capítulo Dois que, tendo arrecadado quase US$ 460 milhões globalmente, ultrapassou O Exorcista (em valores não ajustados pela inflação, claro), e agora é o segundo maior filme de terror para maiores da história globalmente. Ele só perde para seu antecessor, It: A Coisa, e seus US$ 700 milhões. A saga do Clube dos Otários contra o palhaço assassino Pennywise já entrou para a história do terror como duas das bilheterias mais impressionantes para o gênero.

PUBLICIDADE
Sair da versão mobile