Jumanji: Próxima Fase ultrapassa Hobbs & Shaw e entra para o Top 10 de 2019

Jumanji: Próxima Fase ultrapassa Hobbs & Shaw e entra para o Top 10 de 2019

Em outras notícias das bilheterias veteranas afora Aves de Rapina e os filmes do Oscar, Bad Boys para Sempre continuou na vice liderança, arrecada ndo mais US$ 12 milhões....

Tiago Vieira - 11 de fevereiro de 2020
 Jumanji: Próxima Fase ultrapassa Hobbs & Shaw e entra para o Top 10 de 2019

Em outras notícias das bilheterias veteranas afora Aves de Rapina e os filmes do Oscar, Bad Boys para Sempre continuou na vice liderança, arrecada ndo mais US$ 12 milhões. O longa agora tem ótimos US$ 166,3 milhões após quatro semanas em cartaz nos EUA, e está a caminho de se tornar uma dos maiores filmes da história a estrear em janeiro, mesmo quando ajustado pela inflação.

 

Fora dos EUA, Bad Boys para Sempre faturou mais US$ 15,8 milhões e agora tem um total de bons US$ 170 milhões na bilheteria internacional. Globalmente, são US$ 336,3 milhões – tendo custado apenas US$ 90 milhões, o surpreendentemente bem recebido longa de ação tem já é lucrativo para seu estúdio, a Sony, que prontamente encomendou sua sequência.

 

Dolittle arrecadou pouco menos de US$ 7 milhões nos EUA e US$ 19 milhões fora de lá. No total, a comédia para toda a família possui US$ 64 milhões na bilheteria americana, US$ 94,7 milhões na internacional e US$ 159 milhões globalmente. É um número impressionante, conquistado parcialmente graças à falta de concorrentes por filmes infantis em cartaz em meio a uma inundação de longas de ação restritos para maiores (Bad Boys para Sempre e Aves de Rapina) e do Oscar.

 

 

Dito isso, ainda é um número muito ruim, considerando que o filme custou incríveis US$ 175 milhões para ser feito, mais do que os longas do Homem-Aranha de Tom Holland no MCU. Tal orçamento foi conquistado graças a problemas nas filmagens, que levaram o seu custo de produção a explodir. O público compareceu moderadamente, porém Dolittle precisaria ter uma bilheteria global no mínimo similar a de Como Treinar o seu Dragão 3 (US$ 520 milhões) para não dar prejuízo. Como ainda está muito longe disso, vai fazer seu estúdio, a Universal, perder muito dinheiro.

 

Outro longa que se beneficiou da falta de concorrentes entre filmes infantis foi Jumanji: Próxima Fase. Apesar de estar em cartaz desde meados de dezembro, o longa ainda permanece no top 5 (!) da bilheteria americana. Tendo arrecadado mais US$ 5,53 milhões, a comédia familiar agora tem ótimos US$ 298,4 milhões nos EUA. Nos próximos dias, ele deve ultrapassar os US$ 303 milhões de O Hobbit: Uma Jornada Inesperada e assim se tornar uma das maiores bilheterias americanas para um filme lançado em dezembro.

 

Na bilheteria internacional, Próxima Fase arrecadou mais US$ 3,3 milhões em 58 mercados e chegou a US$ 470 milhões fora da América do Norte. Globalmente, são US$ 768,4 milhões. Com isso, o filme oficialmente ultrapassou Velozes & Furiosos: Hobbs & Shaw (US$ 759 milhões) e agora é a 10ª maior bilheteria global para um filme lançado em 2019.

 

 

Enquanto isso, a indústria do cinema continua acompanhando com preocupação a epidemia de Coronavírus na China. Com os cinemas do país fechados, isso pode provocar um impacto considerável na arrecadação de muitos longas, inclusive aqueles que poderiam arrecadar bons números por lá, como os da Marvel e Velozes & Furiosos 9. Aliás, afora todo o sofrimento, o coronavírus vem impactando a economia de um modo geral, e pode levar a crises em diversos mercados, inclusive no Brasil, grande parceiro comercial da China. A ver como a situação vai se desenvolver.