Gremlins: 10 curiosidades sobre o clássico do terror no Natal | TOPLista

Gremlins: 10 curiosidades sobre o clássico do terror no Natal | TOPLista

É Noite de Natal. Quem nunca quis dar um presente maravilhoso para alguém e acabou errando? Essa aliás, é a premissa de um dos maiores clássicos dos anos 80,...

 Gremlins: 10 curiosidades sobre o clássico do terror no Natal | TOPLista

Publicidade


Publicidade

É Noite de Natal. Quem nunca quis dar um presente maravilhoso para alguém e acabou errando? Essa aliás, é a premissa de um dos maiores clássicos dos anos 80, Gremlins!

Se você receber uma criaturinha mogwai, nunca exponha-o à luz, não molhe e, acima de tudo, jamais deve ser alimentado após a meia-noite. Confira abaixo mais dez curiosidades sobre esse conto de terror (e humor) natalino:

1 – Ratos gigantes

O roteirista Chris Columbus conta que se inspirou na sua experiencia quando  frequentava a escola de cinema na NYU, em Manhattan, e morava em um apartamento barato. “Durante a noite, parecia ser um pelotão de ratos e ouvi-los deslizando na escuridão era realmente assustador.” Tais roedores inspiraram os Gremlins.

Publicidade

2 – Terror raiz

O roteiro do filme era muito mais assustador do que o resultado final. A história traria cenas como os Gremlins devorando o cachorro de Billy, além de mostrar os monstrinhos decapitando a mãe do menino. O produtor Steven Spielberg, o diretor Joe Dante e a Warner Bros. concordaram que deveriam diminuir o tom para tornar o filme mais familiar.

3 – Não esqueçam dele

Após escrever Gremlins, Chris Columbus dirigigiou outra série muito lembrada no Natal: os dois primeiros Esqueceram de Mim. Além disso, mais tarde ele também assinou Harry Potter e a Pedra Filosofal, assim como a sequência Harry Potter e a Câmara Secreta

Publicidade

4 – Senhor das criaturas

Joe Dante, diretor de Gremlins é um apaixonado por efeitos práticos. Entre outros filmes assiandos por ele estão Viagem Insólita, Piranha (1978) e Pequenos Guerreiros.

5 – Baby Yoda, eu sou seu pai

Entre as ideias originais, a criatura original Gizmo se transformaria no grande e malvado Stripe. Contudo, a produção decidiu que herói e vilão deveriam ser dois persoangens separados até o fim. Desta forma, Gizmo se consagrou como a criaturinha assustada de olhos grandes, que de certa forma é um avó de Baby Groot e Baby Yoda.

6 – Liberando Gremlins

Aliás, reza a lenda Gremlins foi um dos principais motivos para Spielberg se reunir com a MPAA (Motion Picture Association of America) e criasse uma classificação etária nos Estados Unidos entre a “Livre” e a “Restrita”. Nascia assim a famosa PG-13.

Publicidade

7 – Vozes monstruosas

Entre as vozes em inglês, está Frank Welker, responsável pela voz de Fred no desenho Scooby-Doo e de Stripe em “Gremlins”. Além disso, o ator e criador da séria animada “O Fantástico Mundo de Bobby”, Howie Mandel também , dá voz a Gizmo. Outro nome famoso é Michael Winslow, mais conhecido como o ator que fez todos aqueles sons engraçados na série de filmes “Loucademia de Polícia”.

8 – Nada de peitos

Doce como Kate, a atriz Phoebe Cates quase foi cortada do filme. A controvérsia se deu devido a uma cena infame de “Picardias Estudantis” em que Cates faz topless. Contudo, todos concordaram que ela tinha uma química enorme com Billy (Zach Galligan).

9 – De Volta Para o Futuro

O set da Universal utilizado para criar Kingston Falls, cidade onde se passa ‘Gremlins’ também foi utilizada como Hill Valley em “De Volta Para o Futuro”, lançado um ano depois.

Publicidade

10 – Natal fora de época

Apesar de ser  um filme de Natal, ‘Gremlins’  foi lançado durante o meio do ano. Isto porque a Warner Bros. percebeu que não tinha um “filme de verão” para apresentar contra “Indiana Jones e o Templo da Perdição” ou “Os Caça-Fantasmas”, e decidiu adiantar o lançamento. A produção acabou tendo um bom desempenho e foi o quarto filme de maior bilheteria de 1984, atrás de “Um Tira da Pesada”, “Os Caça-Fantasmas” e “Indiana Jones”.

 

Publicidade

 

Site Parceiro
© 2019-2022 Legado Plus, uma empresa da Legado Enterprises.