Casa Gucci é a maior abertura para um drama adulto desde 2019

Casa Gucci é a maior abertura para um drama adulto desde 2019

Será que, em pleno 2021, o público adulto ainda sai de casa para conferir no cinema um épico dramático como Casa Gucci, que traz um elenco de estrelas famosas...

 Casa Gucci é a maior abertura para um drama adulto desde 2019

Publicidade


Publicidade

Será que, em pleno 2021, o público adulto ainda sai de casa para conferir no cinema um épico dramático como Casa Gucci, que traz um elenco de estrelas famosas (incluindo a popstar Lady Gaga) mas não é conectado a nenhuma franquia, universo compartilhado ou coisa do tipo? Após o recente fracasso de longas como O Último Duelo (que, tal como Casa Gucci, também foi dirigido por Ridley Scott) e King Richard, parecia que a audiência só vai aos cinemas para conferir os últimos blockbusters (especialmente os da Marvel).

Felizmente, os números de Casa Gucci parecem indicar que ainda há interesse em filmes fora do MCU (e da Netflix).

O longa arrecadou US$ 14,2 milhões entre sexta e domingo e chegou a um total de US$ 21,8 milhões ao longo do feriado de Ação de Graças na América do Norte. Não é nenhum número maravilhoso, mas é a maior bilheteria de estreia para um drama adulto desde o final de 2019. 

Publicidade

Por que Casa Gucci teve um bom desempenho enquanto outros filmes similares fracassaram? Em primeiro lugar, a trama novelesca do longa, envolvendo os escândalos da família do título, foi muito mais atraente para os espectadores do que seus concorrentes. A grande maioria dos longas de sucesso que não pertencem a nenhuma franquia no mínimo tem uma sinopse que chame a atenção do público. Pense em Entre Facas e Segredos, que prometia uma trama de mistério e assassinato envolvendo uma família rica, ou em Bohemian Rhapsody, que trazia a história de um dos maiores ídolos do rock.

Ainda assim, Casa Gucci tinha mais uma carta na manga: Lady Gaga. A artista, que pode ser indicada ao Oscar pelo papel, ajudou a trazer o público feminino e mais jovem com força para os cinemas. Segundo Scott Mendelson, da Forbes, 59% das pessoas que foram conferir Casa Gucci nos cinemas eram mulheres, e quase metade (45%) eram jovens (entre 18 e 35 anos de idade).

Publicidade

Lady Gaga interpreta Patrizia Reggiani em Casa Gucci, que já está em cartaz

Fora dos EUA, o longa estreou com quase US$ 13 milhões em 40 mercados, o que lhe dá um total global de US$ 34 milhões. São números promissores, porém, tendo custado US$ 75 milhões para ser feito, Casa Gucci precisará de todo o apoio dos fãs de Lady Gaga que conseguir para ser lucrativo. O longa ainda tem estreias marcadas em mercados importantes como Rússia e Alemanha (em 2 de dezembro), Coréia do Sul (12 de janeiro) e Japão (14 de janeiro). 

Casa Gucci já está em cartaz no Brasil! Leia nossa crítica clicando aqui.

Site Parceiro
© 2019-2022 Legado Plus, uma empresa da Legado Enterprises.