Bilheteria EUA: Cats, adaptação do musical, tem estreia desastrosa!

Bilheteria EUA: Cats, adaptação do musical, tem estreia desastrosa!

Em outras notícias relacionadas à bilheteria americana, Jumanji: Próxima Fase arrecadou mais US$ 26,5 milhões no último fim de semana, caindo para segundo lugar por conta da estreia de...

 Bilheteria EUA: Cats, adaptação do musical, tem estreia desastrosa!

Publicidade


Publicidade

Em outras notícias relacionadas à bilheteria americana, Jumanji: Próxima Fase arrecadou mais US$ 26,5 milhões no último fim de semana, caindo para segundo lugar por conta da estreia de Star Wars: A Ascensão Skywalker. No total, a aventura para toda a família já arrecadou US$ 102,3 milhões nos EUA.

 

Por conta da estreia do nono capítulo da saga espacial, Próxima Fase sofreu uma dura queda no faturamento em comparação com sua abertura na semana passada, de 55,3% – embora isso já fosse esperado, afinal, boa parte do público de ambos os filmes são basicamente os mesmos. Como comparação, em dezembro de 2005 As Crônicas de Nárnia: O Leão, A Feiticeira e o Guarda-Roupa caiu 51,4% e faturou US$ 32 milhões em seu segundo fim de semana, no qual enfrentou a abertura do aguardado épico de monstro de Peter Jackson King Kong. Dois anos depois, no Natal de 2007, Eu Sou a Lenda caiu 56,6% na segunda semana, arrecadando US$ 33,5 milhões, enquanto enfrentava a abertura de A Lenda do Tesouro Perdido: Livro dos Segredos. No ano passado, Homem-Aranha no Aranhaverso caiu 53% enquanto enfrentava as aberturas de nada menos que três concorrentes, Aquaman, O Retorno de Mary Poppins e Bumblebee

Publicidade

 

A boa notícia para Próxima Fase é que todos esses longas eventualmente se recuperaram e tiveram longas e frutíferas carreiras na bilheteria americana – tal como ocorreu com seu próprio predecessor, Bem-Vindo à Selva, em 2017. Além disso, com Star Wars gerando uma resposta controversa do público e falhando em atrair espectadores fora da bolha dos mais fanáticos, o filme pode ser uma boa opção em cartaz para muitos que já se desinteressaram pela saga espacial.

 

Publicidade

 

Por isso, caso desempenhe como o primeiro Nárnia de agora em diante, sai de cartaz com US$ 263 milhões, enquanto uma performance mais parecida com Aranhaverso o leva a US$ 301,4 milhões – em ambos os casos, o bastante para ser a décima maior bilheteria americana de 2019, superando It: Capítulo Dois. Sim, dificilmente Próxima Fase vai alcançar os  inacreditáveis US$ 404,5 milhões de Bem-Vindo à Selva, porém isso já era de se esperar, uma vez que esta sequência não tem o mesmo gosto de novidade de seu predecessor, além de críticas um pouco mais desfavoráveis.

Publicidade

 

Porém, considerando que os filmes desta franquia não são exatamente caríssimos blockbusters (Próxima Fase custou apenas US$ 125 milhões para ser feito, uma fração dos orçamentos dos monstros de bilheteria distribuídos pela Disney), e que o filme tem se saído de forma decente fora dos EUA (até o momento são US$ 321 milhões na bilheteria global), bem, contanto que não haja quedas muito duras ou o orçamento suba de maneira absurda, esta recém-ressuscitada franquia pode permanecer por aí por mais uns anos.

 

Publicidade

Enquanto isso, o musical Cats está parecendo que vai ser um dos maiores desastres do ano. Tendo custado absurdos US$ 100 milhões (!), o filme foi alvo de deboche na internet desde a divulgação de seu primeiro trailer, e as coisas não melhoraram depois da estreia, com as péssimas críticas ressaltando os efeitos especiais (literalmente) inacabados que transformam artistas famosos em assustadores híbridos de gatos e humanos e a trama sem o menor sentido. Com isso, o longa arrecadou menos de US$ 7 milhões nos EUA em seu primeiro fim de semana, uma das piores estreias da história para um longa a estrear em mais de 3.000 salas. 

 

Publicidade

 

 

Seu estúdio, a Universal, até enviou uma nova cópia do filme com novos efeitos especiais aos cinemas após esta terrível estreia, mas parece que não vai adiantar muito, e o longa não vai nem ser um dos principais concorrentes na próxima temporada de premiações (como La La Land) nem um sucesso de bilheteria (como O Rei do Show).

Publicidade

 

Aliás, o Natal deste ano para a Universal aparentemente será terrível. Afora o fracasso de Cats, o outro lançamento do estúdio para a temporada, o terror Natal Sangrento, está tendo um desempenho igualmente pavoroso. Após sua péssima abertura na semana passada, o filme arrecadou mais US$ 1,84 milhão neste fim de semana, despencando 56,7% no faturamento e da quinta para a décima posição no ranking semanal. No total, Natal Sangrento possui patéticos US$ 7,2 milhões faturados. 

 

Publicidade

Com o estúdio ainda se preparando para lançar o provável desastre Dolittle no mês que vem (um filme cujo custo de produção foi alto demais para suas perspectivas de bilheteria), parece que sua situação não vai melhorar muito num futuro próximo. Por outro lado, eles ainda vão distribuir o elogiadíssimo drama de guerra 1917, que aparenta ser um dos principais candidatos à várias estatuetas douradas na próxima temporada de premiações.

 

Publicidade

 

Falando nos prováveis candidatos ao Oscar do ano que vem, o aclamado suspense de mistério Entre Facas e Segredos arrecadou mais US$ 6,5 milhões em sua quarta semana em cartaz e agora tem um total de quase US$ 90 milhões. O filme deve ultrapassar os US$ 100 milhões nos próximos dias. Já Ford vs Ferrari acabou de bater esta marca, tendo arrecadado mais US$ 1,8 milhões na sexta semana para um total de US$ 102 milhões.

 

Publicidade

Enquanto isso, o drama racial Queen & Slim continua surpreendendo nas bilheterias, tendo chegado a um total de US$ 36,5 milhões após quatro semanas em cartaz. Há alguns dias atrás, a diretora do longa Melina Matsoukas causou controvérsia em Hollywood ao acusar os votantes do Globo de Ouro de se recusarem a assistir ao filme – que não recebeu uma única indicação ao prêmio. Se isso irá resultar numa maior força do longa no Oscar (que, claro, é o mais importante do cinema americano) ainda é algo que deve ser visto.

 

De toda forma, quem não deve ir ao Oscar este ano é o lendário diretor Clint Eastwood. Seu novo filme, O Caso Richard Jewell, arrecadou apenas US$ 9,5 milhões nas bilheterias após duas semanas em cartaz, e recebeu críticas moderadas (73% no Rotten Tomatoes). Mais sorte na próxima, Clint.

Publicidade

 

Bilheteria EUA 20/12/19 a 22/12/19:

 

Filme Semanas em cartaz Renda no fim de semana (em US$) Renda acumulada (em US$)
1- Star Wars: A Ascensão Skywalker 1 177.383.864 177.383.864
2- Jumanji: Próxima Fase 2 26.505.147 102.316.512
3- Frozen II 5 12.980.927 387.214.888
4- Cats 1 6.619.870 6.619.870
5- Entre Facas e Segredos 4 6.503.186 89.952.095
6- O Escândalo 2 5.109.146 5.518.427
7- O Caso Richard Jewell 2 2.583.372 9.561.031
8- Queen & Slim 4 1.847.230 36.595.995
9- Ford vs Ferrari 6 1.846.348 102.007.956
10- Natal Sangrento 2 1.838.015 7.286.665

 

Publicidade
Site Parceiro
© 2019-2022 Legado Plus, uma empresa da Legado Enterprises.