Bilheteria dos Estados Unidos tem fim de semana histórico; entenda

Bilheteria americana quebra marca que não era vista há quase quatro anos graças às boas estreias de Elvis e O Telefone Preto.

Bilheteria dos Estados Unidos tem fim de semana histórico; entenda

Bilheteria americana quebra marca que não era vista há quase quatro anos graças às boas estreias de Elvis e O Telefone Preto.

 Bilheteria dos Estados Unidos tem fim de semana histórico; entenda

Publicidade


Publicidade

Após meses terríveis de baixa causada pela pandemia, em 2020 e 2021, a bilheteria americana agora vive um momento eufórico graças à grande diversidade de títulos bem sucedidos em cartaz.

      LEIA TAMBÉM!

Quatro filmes arrecadaram mais de US$ 20 milhões neste fim de semana: os veteranos Top Gun: Maverick (US$ 29,6 milhões) e Jurassic World: Domínio (US$ 26,7 milhões) e os estreantes Elvis (US$ 31,2 milhões) e O Telefone Preto (US$ 23,6 milhões). É a primeira vez que isso acontece desde o fim de semana de Ação de Graças em 2018, quando as bilheterias eram dominadas por WiFi Ralph: Quebrando a Internet, Creed II, O Grinch e Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald.

Publicidade

Claro, tudo poderia ter sido ainda melhor se Lightyear também tivesse faturado mais de US$ 20 milhões ao invés de despencar no segundo fim de semana (saiba mais aqui). Seria o primeiro fim de semana desde julho de 2016 em que cinco filmes quebram a referida marca… Porém, para desespero da Disney, as famílias continuam a evitar o spin-off de Toy Story.

Enfim, grande parte do sucesso todo dos longas deste fim de semana se deve às ótimas performances dos estreantes. O líder Elvis obteve uma abertura superior à de outros dramas musicais recentes sobre clássicos do rock, como Rocketman (US$ 25,7 milhões) e Yesterday (US$ 17 milhões). Porém, ele ainda ficou bem abaixo do grande campeão deste subgênero dos últimos anos, Bohemian Rhapsody (US$ 51 milhões).

A cinebiografia de Freddie Mercury foi um dos maiores sucessos de 2018, arrecadando US$ 216 milhões nos EUA e inacreditáveis US$ 904 milhões globalmente. É um verdadeiro “ponto fora da curva” entre longas do tipo, por isso comparar outros filmes com ele seria injusto. É mais provável que Elvis tenha um desempenho mais parecido com o de Rocketman, o qual, com US$ 96 milhões na América do Norte e US$ 195 milhões global, ainda foi um sucesso digno.

Publicidade

Público mais velho compareceu em peso à estreia de Elvis nos EUA

Vale lembrar que o diretor de Elvis é Baz Luhrmann, cujo O Grande Gatsby saiu de cartaz em 2013 com bons US$ 145 milhões na bilheteria americana e US$ 353,6 milhões mundial, mesmo enfrentando adversários fortes como Homem de Ferro 3, Além da Escuridão: Star Trek e Velozes & Furiosos 6. O público parece gostar de seu estilo exagerado e excêntrico, portanto, o longa tem boas chances de chegar aos US$ 100 milhões nos EUA.

O Telefone Preto obteve uma boa abertura para um longa de terror, próxima às de Invocação do Mal 3 (US$ 24 milhões), Candyman (US$ 22 milhões) e Pânico 5 (US$ 30 milhões). O filme, sobre um serial killer de crianças que sequestra um menino de 13 anos, tem a seu favor as boas críticas e a reputação do cineasta Scott Derrickson, que comandou O Exorcismo de Emily Rose, A Entidade e o primeiro Doutor Estranho

Publicidade

O longa será a melhor opção em cartaz para quem busca um entretenimento mais aterrorizante por ao menos um mês, até a estreia de Não, Não Olhe! no mês que vem. Contando com a falta de concorrentes e o boca a boca positivo, O Telefone Preto pode ter uma ótima performance pós-estreia nas próximas semanas.

O Telefone Preto obteve boas críticas e bilheteria acima das expectativas

Seja como for, ter uma oferta de tantos longas atraentes e bem recebidos apelando para segmentos de público diferentes tem sido bem saudável para as bilheterias. Afinal, com tantas opções em cartaz, a audiência vai comparecer aos cinemas mesmo na era do streaming

Publicidade

Pena que Hollywood tem tanta dificuldade em assimilar essa lição. Depois de meses agitados nas bilheterias, agosto e setembro deste ano serão quase vazios de novas estreias.

Continue ligado no Legado Plus para ficar por dentro de todas as novidades da cultura pop!

Site Parceiro
© 2019-2022 Legado Plus, uma empresa da Legado Enterprises.