Aves de Rapina chega a quase US$ 200 milhões globalmente

Aves de Rapina chega a quase US$ 200 milhões globalmente

Em seu quinto fim de semana em cartaz nos EUA, Aves de Rapina arrecadou mais US$ 2,16 milhões. No total, a comédia de ação da DC possui fracos US$...

Tiago Vieira - 12 de março de 2020
 Aves de Rapina chega a quase US$ 200 milhões globalmente

Em seu quinto fim de semana em cartaz nos EUA, Aves de Rapina arrecadou mais US$ 2,16 milhões. No total, a comédia de ação da DC possui fracos US$ 82,5 milhões após 31 dias em cartaz, menos do que Aquaman arrecadou em seis dias (US$ 83 milhões), ou o que Coringa conquistou em três (US$ 96,5 milhões).

O longa está sendo mantido nos cinemas basicamente apenas na base da força e tradição da Warner, pois do contrário ele está sendo basicamente ignorado. Em cartaz em 2.173 cinemas nos EUA e no Canadá, Aves obteve uma média de US$ 994 por cinema neste fim de semana, menor que as do anime My Hero Academia: Heroes Rising (US$ 1,528 milhões neste fim de semana em 1.195 cinemas, média de US$ 1.279 por cinema), da adaptação de uma comédia televisiva Impractical Jokers: The Movie (US$ 1,845 milhões no fim de semana em 1.775 cinemas, média de US$ 1.039 por cinema) e, aliás, de qualquer outro filme entre as top 10 bilheterias do fim de semana.

Para se ter uma ideia, vamos supor que em cada cinema Aves de Rapina esteja sendo exibido em três sessões por dia. Com um preço médio do ingresso a US$ 9,26 segundo o Hollywood Reporter, isso significa que o longa foi visto por uma média de 11 pessoas a cada sessão ao longo do fim de semana. Enquanto isso, as sessões de My Hero Academia estiveram mais cheias no fim de semana de um modo geral, a despeito do anime estar em exibição em menos salas.

Nem mesmo as comemorações do Dia Internacional da Mulher levaram a sessões mais cheias para esta aventura dirigida, escrita e estrelada por mulheres no domingo, o que é francamente muito triste.

Na próxima semana, Aves de Rapina pode finalmente ser expulso do top 10 do fim de semana, e graças a Vin Diesel. O novo filme do astro de Velozes & Furiosos, Bloodshot, chega aos cinemas americanos no próximo fim de semana, e apesar do filme parecer ter a palavra “fracasso” tatuada em sua testa, ele certamente vai roubar muitas salas de exibição do longa da DC.

Por isso, é duvidoso que o filme sequer chegue aos US$ 90 milhões na bilheteria americana. Se desempenhar como John Wick: Um Novo Dia para Matar, Aves sai de cartaz com US$ 87 milhões, pouca coisa a mais do que Doutor Estranho arrecadou em seu primeiro fim de semana, lá em novembro de 2016.

Fora dos EUA, o filme possui US$ 113,2 milhões. No total, ele possui US$ 196 milhões globalmente. Eu tinha esperanças de que o filme fosse atingir ao menos US$ 225 milhões na bilheteria global (o que ainda não seria bom), mas nem isso deve ocorrer, aparentemente. Ele ficará bem abaixo dos US$ 254 milhões necessários para que se torne lucrativo, e deve dar prejuízo à Warner. 

2020 tem sido um ano estranho para as bilheterias, mesmo excluindo o coronavírus. É sinceramente assustador que Aves de Rapina e agora Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica tenham naufragado, pois ambos são exatamente aquilo que as pessoas clamam querer de Hollywood na internet: um longa de ação produzido e estrelado por mulheres, e uma aventura totalmente original, sem adaptar nenhuma franquia. Porém, quando Hollywood as lança, são recebidos com salas relativamente vazias, apesar de ambos terem conquistado boas críticas.

Os estúdios vão ter bastante trabalho para fazer para descobrir onde exatamente eles falharam em atrair público para tais longas.