Bilheteria EUA: Entre Facas e Segredos tem ótima estreia nos EUA!

PUBLICIDADE

O novo longa de Rian Johnson, o diretor do blockbuster mais controverso da década, Star Wars: Os Últimos Jedi, teve uma estreia bastante promissora nos EUA: o aclamado suspense de mistério Entre Facas e Segredos arrecadou US$ 41,4 milhões durante os cinco dias do feriado de Ação de Graças, sendo US$ 26,7 milhões entre sexta e domingo. Trata-se da oitava melhor estreia para um filme live action (portanto, excluindo as animações da Disney) durante o feriado, sem ajustar pela inflação.

 

É uma grande vitória para o estúdio independente Media Rights Capital (que produziu o longa juntamente com a distribuidora Lionsgate). Responsável por filmes e séries de TV (incluindo as premiadas House of Cards e Ozark na Netflix), a MRC, que conquistou um sucesso de público e crítica há dois anos com Em Ritmo de Fuga, havia tido um gigantesco prejuízo há alguns meses com o desastre Máquinas Mortais. No entanto, com Entre Facas e Segredos, o estúdio voltou a apostar em um aclamado filme muito pessoal de um renomado diretor com uma trama que, apesar de não ser baseado em nenhum livro, quadrinho ou coisa do tipo, é bastante interessante para o público – a mesma estratégia que deu certo com Em Ritmo de Fuga.

 

PUBLICIDADE

Aliás, este talvez seja o segredo do sucesso para o cinema independente em pleno 2019, na era em que o streaming cresce a velocidades assustadoras e o público tem uma grande variedade de opções de entretenimento em casa. Um cineasta reconhecido (como é o caso de Johnson e Edgar Wright, o responsável por Em Ritmo de Fuga), atores famosos em papéis perfeitamente desenhados para eles (Entre Facas e Segredos traz no elenco Daniel Craig, Chris Evans, Jamie Lee Curtis, entre muitos outros), uma premissa realmente intrigante e, claro, recepção elogiosa da crítica especializada (sem este último não adianta nem sonhar com lucros nas bilheterias). Ah, e também uma grande campanha de marketing, que faça sucesso nas redes sociais: os teasers de Entre Facas e Segredos deixaram internautas tentando adivinhar se o longa tendia mais para a seriedade ou para a comédia.

 

 

Tal estratégia funcionou maravilhosamente não apenas para o citado Em Ritmo de Fuga como também para Era Uma Vez… Em Hollywood, Ford vs Ferrari, As Golpistas, e até mesmo, de um modo um pouco mais exagerado, para Bohemian Rhapsody. Dito isso, será que o drama de máfia do lendário cineasta Martin Scorsese O Irlandês também poderia ter feito sucesso caso fosse lançado normalmente nos cinemas e não na Netflix? Afinal, os grandes estúdios hollywoodianos, que não pensam duas vezes antes de autorizar a produção de grandiosos blockbusters de aventura de US$ 200 milhões, estavam temerosos em dar os US$ 160 milhões requisitados por Scorsese para produzir seu aclamado filme, até que a Netflix veio ao resgate. Porém, como vimos acima, o público não tem problemas em comparecer a longas adultos e não relacionados a super-heróis ou franquias dos anos 80, desde que sua premissa, estrelas e diretor sejam atraentes o bastante – e o último épico sobre a história americana de mais de 3 horas de duração de Scorsese, O Lobo de Wall Street, faturou quase US$ 400 milhões há seis anos.

 

Enfim, voltando a Entre Facas e Segredos, a partir desta abertura, o longa tem grande possibilidade de ter uma bilheteria acima dos US$ 100 milhões, talvez até alcançando os US$ 120 milhões caso o boca a boca seja sólido – como parece que é o caso. Mas vamos ver como o longa se sairá em meio aos blockbusters da temporada de Natal. Vale lembrar que, há dois anos, Assassinato no Expresso do Oriente também bateu a marca dos US$ 100 milhões nos EUA, mesmo enfrentando super-heróis, Jedi, animações e um The Rock virtual no fim daquele ano.

 

A outra estreia da semana foi o drama de suspense Queen & Slim, que arrecadou US$ 15,8 milhões ao longo do feriado de Ação de Graças. É um número decente para este longa dirigido, escrito e estrelado por artistas negros, ainda mais considerando que ele custou apenas US$ 17 milhões para ser feito. Aclamado pela crítica (84% no Rotten Tomatoes), o filme pode ser lucrativo para seu estúdio caso não decaia muito, mostrando para os engravatados hollywoodianos que vale a pena apostar em longas autorais criados por minorias, até hoje infelizmente sub representadas em Hollywood.

 

Bilheteria EUA FERIADO DE AÇÃO DE GRAÇAS – 27/11/19 a 01/12/19:

 

Filme Semanas em cartaz Renda no feriado (em US$) Renda acumulada (em US$)
1- Frozen II 2 125.018.787 288.845.131
2- Entre Facas e Segredos 1 41.414.093 41.414.093
3- Ford vs Ferrari 3 19.023.549 81.031.328
4- Um Lindo Dia na Vizinhança 17.252.777 34.291.766
5- Queen & Slim 1 16.000.790 16.000.790
6- Crime sem Saída 2 7.681.362 19.220.781
7- Brincando com Fogo 4 6.052.249 39.236.057
8- Midway: Batalha em Alto Mar 4 5.685.683 50.214.308
9- Uma Segunda Chance para Amar 4 2.867.570 31.686.250
10- Coringa 9 2.822.103 330.523.625

 

PUBLICIDADE
Sair da versão mobile